Notícias

Resumo da Sessão Ordinária realizada em 21-09-2015

Publicado em: 23/09/2015 ás 10:34h, visualizado 0 vezes.

-

Na Sessão Ordinária do dia 21-09 foram discutidas e votadas as seguintes proposições:

Indicação de nº 19/2015 de autoria da Vereadora Maria Carolina indicando a reforma do piso da feira livre, colocada em discussão e votação foi a mesma provada por unanimidade.

Indicação de nº 20/2015 de autoria dos Vereadores de Bancada de Oposição que indica, seja firmado um contrato de comodato ou doação entre a Prefeitura Municipal e a Associação Beneficente da Fazenda Giral do Prédio Escolar Antônio Carlos Magalhães daquela localidade, onde a Associação deverá administrar e responsabilizar-se pelo mesmo por um período de aproximadamente 15 (quinze) anos, colocada em discussão e votação foi a mesma aprovada por unanimidade.

Requerimento de nº 02/2015 de autoria do Vereador Pablo Piauhy, requer que informe, de forma oficial, a esta Egrégia Casa, a situação da estrutura da Ponte localizada na Rua conhecida como “Beco de Sr. Genésio”, assim como as medidas adotadas pela mesma para solucionar de imediato o problema, colocada em discussão e votação foi a mesma aprovado por unanimidade.

Parecer de nº 05/2015 da comissão de Finanças Orçamentos e Fiscalização ao Projeto de Lei n° 008, de 21 de agosto de 2015, que Autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito, oferecer garantias e dá outras providências”.Colocado em discussão e votação foi o mesmo Aprovado por 5 votos a 4, sendo contrários os Vereadores Jonilton Matos, Silmar Matos, Pablo Piauhy e Maria Carolina.

Estiveram presentes para discutir referente ao Projeto de Lei de nº 008/2015 o Assessor Jurídico da Bancada de oposição Dr. Cesar Pereira da Silva Filho, e o Coordenador Municipal da APLB Sr. Gilvando Inácio de Oliveira, onde ambos fizeram um breve relato sobre as dificuldades que o Município poderá enfrentar caso o referido projeto venha ser aprovado,

Em atendimento ao oficio recebido, o Sr. Presidente concedeu espaço para apresentação dos Conselheiros Tutelar que concorrerão ao pleito 2015 a 2019.

Outras Notícias